Objetivo

O objetivo deste blog é divulgar a importância da atividade física na saúde das pessoas.

Desde os textos da antiguidade, sejam eles gregos, romanos ou orientais, a importância da atividade física tem sido relatada para a promoção de saúde e a prevenção de doenças. Sabemos hoje, que o sedentarismo não apresenta apenas o risco pessoal de doenças, mas também um custo financeiro para a própria pessoa, sua família e para a sociedade como um todo.

Dados recentes do CDC – Centers for Disease Control and Prevention de Atlanta – apontam que mais de 2 milhões de mortes por ano estão relacionadas a inatividade física, justamente pela contribuição desta com o aparecimento de doenças crônicas não transmissíveis, como as doenças cardiovasculares, câncer e diabetes. Estas doenças corresponderam a 60% das mortes em todo o mundo no ano de 1998, podendo chegar a 73% em 2020.

Para se ter um noção, em termos econômicos, cada aumento de 1% da atividade física da população representa 7 milhões de dólares de economia no tratamento e diagnóstico de doenças como infarto agudo do miocárdio,  derrame cerebral, diabetes, câncer de cólon e de mama, e depressão (dados levantados na Austrália).

Com relação a diabetes, Blair et al -2001, relataram que indivíduos que deixam de ser sedentários diminuem o risco de morte em 28% (homens) e em 35% (mulheres). Com relação ao câncer de pulmão, o mesmo autor relatou uma diminuição de 25% do risco de morte por esta doença.

Portanto,  “vamos nos mexer”, buscando aquela atividade física que seja a mais prazerosa, isto é, aquela que fazemos por que gostamos e não por obrigação. No meu caso escolhi a corrida porque gosto, me sinto bem e me estimula a vencer os meus tempos, o que me faz produtivo, competitivo, saudável e com uma auto-estima elevada. Hoje, aos 62 anos de idade, posso lhes garantir corro muito melhor do que aos trinta, mais do que muita gente com menos de cinquenta, quarenta e até trinta, mas, o mais importante disso tudo, sinto que estou fazendo alguma coisa por mim,  pela minha saúde e pela minha vida.

Agora cuidado. Não saiam por aí correndo quilômetros sem estarem preparados. Antes de começar procurem um médico e façam os exames necessários. Aí sim, liberados, ponham o pé na estrada e sucesso.

(atualizado em 16/08/2014)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s